Viagens

destaquehotel

Postado em: 13.03.2013

Geralmente na hora de programar aquela viagem no feirado ou aquela semana de férias pinta uma dúvida comum. Qual a melhor opção de acomodação para minha família?

Veja as que eu já testei e aproveite algumas dicas.

Resorts all-inclusive

Porque são legais: as estruturas destes hotéis geralmente tem uma ampla área de lazer e contam com monitores e programação para a criançada. São ótimos para quem quer comodidade e pouca preocupação com a alimentação dos pequenos, pois os “all-inclusive” tem comida praticamente o tempo todo. Além disto, quase todos tem “copinhas do bebê”, com leite, frutas e alguns com sopas ou papinhas. Alguns grandes hotéis também tem isto.

Os pais esportistas vão gostar dessa opção, porque, na maioria das vezes, esse tipo de hospedagem tem estrutura para diversas modalidades.

Considere na sua decisão: o que acontece é que, geralmente, não saímos do resort e acabamos não conhecendo os arredores.

Hotéis Fazenda

Porque são legais: são bons principalmente para quem tem crianças “urbanas”. O contato com a natureza e com os bichos garantem a diversão da criançada. Minha filha, que mora num apartamento em São Paulo, faz a maior festa ao dar pão para uma galinha. Geralmente, há boas opções destes hotéis perto de grandes capitais, o que permite viagens curtas e de final de semana. Outra coisa eu gosto, é que normalmente tem comidas caseiras.

Considere na sua decisão: Não tem comida o tempo todo e, às vezes, a comida padrão é gostosa para os pais e um pouco “pesada” para crianças. Programe as atividades lembrando dos horários das refeições e informe-se sobre possíveis pedidos especiais.

Pousadas/hotéis menores e mais simples

Porque são legais: Essa é a opção para quem pretende aproveitar as atrações da cidade / região que vocês visitarão. Geralmente são mais baratos que as demais opções, mas lembre-se que a alimentação não está no preço. Em alguns casos, estes hotéis são gerenciados por famílias, o que traz um clima mais intimista.

Considere na sua decisão: Como geralmente não há uma programação para as crianças, a dica é pesquisar bem o destino e descobrir o que fazer e onde levar os filhos.

Algumas dicas: passar o dia na praia, piquenique no parque da cidade, passear no zoológico ou conhecer algum museu. Não se esqueça nesse caso que as refeições e lanchinhos devem ser programados.

Agora que já te lembrei os pontos fortes de cada opção de hospedagem, pesquise o melhor destino, veja o que cabe no seu bolso e pé na estrada.

 

Marcio Nel Cimatti é fotoógrafo e blogueiro de viagens. Seu blog é www.ajanelalaranja.com.br

Comentar