Institucional

renda para o Minha Casa Minha Vida

Postado em: 26.04.2019

Renda bruta individual ou renda familiar bruta

Muitos brasileiros têm conquistado o sonho da casa própria com apartamentos Minha Casa Minha Vida. Pelo programa de habitação popular do governo federal, famílias brasileiras conseguem melhores condições de financiamento e ainda conquistam a possibilidade de ter parte do valor do imóvel escolhido subsidiado pelo governo.

Para se enquadrar no programa, e um deles é a renda necessária. E é sobre ela que vamos falar neste post.

Renda Familiar Bruta. O que é isso?

Para adquirir um apartamento pelo programa Minha Casa Minha Vida, a renda pode ser composta por mais de uma pessoa, desde de que comprovem que residirão no imóvel, mesmo sem ser familiares. A capacidade de financiamento está relacionada a renda familiar bruta, ou seja, a soma dos salários brutos (sem descontos) de todas as pessoas da família que vão morar no imóvel.

Faixas do Programa Minha Casa Minha Vida

De acordo com o valor da renda familiar bruta, o solicitante do financiamento é enquadrado entre as diversas faixas do Programa Minha Casa Minha Vida, que são as seguintes:

Faixa 1 – Renda familiar bruta de até R$ 1.800,00

Famílias enquadradas nessa faixa do Minha Casa Minha Vida podem contar com taxas especiais de juros e financiamento em até 120 meses.

Faixa 1,5 – Renda familiar bruta de até R$ 2.600,00

Possibilidade de financiamento em até 30 anos e subsídio do governo que pode chegar a até 47,5 mil reais.

Faixa 2 – Renda famíliar de até R$ 4.000,00

Nessa faixa, além das taxas de juros especiais, as famílias podem conquistar subsídios de até 29 mil reais (a maioria dos apartamentos Minha Casa Minha Vida da Plano&Plano estão enquadrados nessa faixa do programa).

Faixa 3 – Renda familiar de até R$ 7.000,00:

Essa é a última faixa do programa. Como benefício, o governo concede taxa de juros especiais no financiamento pela Caixa Econômica Federal.

É importante saber sobre o Minha Casa Minha Vida

Os benefícios para adquirir a casa própria pelo Programa Minha Casa Minha Vida são realmente especiais. No entanto, é preciso saber que há algumas condições para que você possa viabilizar a compra pelo programa. Se atente a elas!

  • Não se enquadra no programa quem possuir imóvel em seu nome.
  • A renda familiar combinada não pode exceder R$ 7.000.
  • É necessário apresentar comprovante de renda formal, informal ou combinado.
  • É preciso apresentar documento oficial de identificação.

Se interessou pelo programa? Que tal começar a procurar pelo seu novo apartamento Minha Casa Minha Vida? A Plano&Plano te ajuda!

E se quiser mais informações sobre financiamento, acesse a página do Minha Casa Minha Vida no site da Caixa!

Comentar