Viagens

Blog Boi

Postado em: 02.06.2015

Por todo país o mês de junho é comemorado com muita festa! A tradição das festas juninas tem origem europeia e chegou aqui com os portugueses, que tinham como costume comemorar os dias de São João, São José e São Pedro em grande estilo.

Ao chegar ao Brasil a festa se espalhou, incorporou influências indígenas e africanas e foi adquirindo novos costumes de acordo com a região do país.

Na região norte a festa tradicional, como é mais conhecida e representada, com bandeirinhas, balões e quadrilhas dividem o espaço com a festa do Boi-Bumbá.

No último final de semana do mês de junho acontece em Parintins, uma cidade no interior do Amazonas, o Festival Folclórico de Parintins, uma grande festa popular  que apresenta a disputa de dois bois, o Garantido e o Caprichoso.

Tratam-se de associações que disputam o título nos três dias de festa em diversas categorias com grandes alegorias e encenações. Durante as noites são exploradas temáticas regionais, como lendas, histórias ribeirinhas, tribos indígenas e claro, a história do Boi Bumbá!

O Garantido é representado pela cor vermelha e o Caprichoso pela cor azul. As torcidas de cada um dos bois é coisa muito séria por lá, tanto que um membro de um boi nunca fala o nome do outro, referindo-se apenas como “contrário” quando tem que citar o adversário. A rivalidade é tanta que as empresas que patrocinam o festival costumam mudar seus logos para vermelho e azul durante o festival e sua preparação, para não desagradar nenhum dos dois lados.

O evento todo acontece dentro do Bumbódromo, uma espécie de estádio no formato de uma cabeça de boi estilizada, onde as “galeras”, como são conhecidas as torcidas de cada boi, ficam divididas.

As preparações para a festa se estendem por vários meses e se intensificam no mês de junho, quando a cidade recebe cerca de 70 mil turistas todo ano!

Comentar