Minha Casa Minha Vida

Plano e plano Imposto de Renda

Postado em: 05.04.2019

Acha que preencher a declaração de imposto de renda é um verdadeiro pesadelo? Não sabe nem por onde começar? Não precisa ser assim. E fazer a declaração pode inclusive te ajudar a conquistar a sonhada casa própria.

Todo brasileiro que teve rendimentos tributáveis acima de R$28.559,70, independentemente se vieram de um trabalho formal ou informal, deve declarar o imposto de renda.

Apesar de não ser obrigatória para quem tem renda anual inferior a esse valor, a Declaração do Imposto de Renda para Pessoas Físicas serve para comprovar sua renda, caso você não tenha um trabalho formal ou não consiga comprová-la por outros documentos.

A comprovação de renda é necessária para diversos trâmites comerciais, como quando, por exemplo, você precisa solicitar um financiamento para a compra de uma casa própria.

Quais documentos preciso ter, então, para declarar o Imposto de Renda?

Para declarar o imposto de renda, é necessário ter em mãos os comprovantes de rendimento, de bens (adquiridos ou vendidos) e os de dedução (como os pagamentos à Previdência).

No caso de um trabalhador com contrato de trabalho CLT, o comprovante de rendimento é fornecido pela empresa e/ou empregador. Nele constará diversas informações necessárias para preencher a declaração de imposto de renda, como quanto foi pago ao trabalhador durante o ano e o valor retido na fonte – pago à Previdência.

Já os trabalhadores informais, com rendimentos provindos de pessoas jurídicas, devem guardar todos os comprovantes de recebimentos e informá-los na declaração. Quem recebe de pessoas físicas, mensalmente precisa declarar seus ganhos em um IR mensal, no Carnê-leão, para depois declará-los no IRPF19.

Onde preencho a declaração de Imposto de Renda?

Você pode fazer tudo pela internet. Basta baixar o programa no site da Receita.

O que pode acontecer se eu não entregar a declaração de imposto de renda?

Se você ganha mais de R$28.559,70 no ano, estar em falta com a Receita Federal impacta negativamente em diversos aspectos. Há uma multa de 1% ao mês, calculada sobre o valor do imposto devido, que vai de R$ 165,74 a 20% do valor total. Além disso, seu CPF passa a ficar irregular.

Se você ganha menos do que o valor mencionado, e sua renda não pode ser comprovada, o Imposto de Renda é o meio ideal para conseguir um documento legal de comprovação de rendimentos.

Sente-se mais seguro agora para começar? Então não deixe para a última hora o preenchimento do seu Imposto de Renda 2019!

Comentar