Gastronomia

destaqueproseco

Postado em: 21.03.2013

Você gosta de espumante? E de Prosecco? Que tal um Champagne?

Não pense que é a mesma coisa, porque você pode estar bebendo algo diferente do que esperava e nem vai entender porque.

Há diferenças sim e estamos falando basicamente de nomenclaturas, mas que representam o que tem dentro da garrafa, então é sempre bom saber para comprar (e beber) melhor.

Champagne é o espumante feito na França, na região de Champagne. O nome foi registrado e só pode ser utilizado para as bebidas produzidas por lá. É claro que o nome caiu no gosto popular e frequentemente vemos pessoas pedindo champagne, mas referindo-se a espumantes de outras regiões do mundo. Os Champagnes costuma (infelizmente) ser mais caros, mas também têm uma qualidade superior.

Prosecco é um espumante que é produzido na Itália, com a uva de mesmo nome. Ficou famoso aqui no Brasil por conta de aparições em novelas e reality shows. A uva prosecco tem aromas mais adocicados e na boca não tem acidez tão forte. É um espumante mais fácil de ser bebido. Há produtores que utilizam a mesma uva e colocam o nome de Prosecco, inclusive no Brasil, mas o verdadeiro Prosecco é só da Itália.

Espumante é todo vinho que é fermentado duas vezes. Ou seja, você pode chamar de espumante qualquer um, inclusive o Champagne, o Prosecco e outros, como Cava (espumante espanhol), Franciacorta (outro tipo de espumante italiano) e todos os brasileiros.

Pronto, agora você já pode até ajudar os amigos a escolher melhor.

Daniel Perches é publicitário e blogueiro de vinhos. Seu blog é www.vinhosdecorte.com.br

Comentar