Arquitetura e Decoração

Quarto de Bebe Montessoriano

Postado em: 28.09.2018

Descubra o que é o método montessoriano e como decorar um quarto de bebê segundo seus preceitos

Uma das preocupações que os pais têm durante o período da gravidez é como montar um quarto de bebê. Trata-se de um momento muito especial e que envolve várias descobertas, incluindo as diferentes teorias de como criar um filho.

Aqueles que desejam montar um espaço bem decorado, para que recepcionar a criança e vê-la criança crescer feliz e saudável, pode optar por seguir o método montessoriano.

Concorda que, desde a primeira infância, os seres humanos deveriam ter liberdade para conhecer o mundo?

Se sim, vai se identificar com as ideias apresentadas neste post. Vamos dar algumas dicas sobre cuidados que devem ser tomados na hora de decorar um quarto de bebê. Pode ser que você descubra que o Montessori tem tudo a ver com você!

Então, mantenha a mente aberta e deixe a imaginação fluir!

Morar Mais por Menos Goiânia

Morar Mais por Menos Goiânia

O que é o método montessoriano?

É importante começar dizendo que o Montessori não é um estilo de decoração, mas um método, um conceito de tratamento para as crianças. Ele foi criado na virada dos séculos XIX e XX, pela médica e pesquisadora psiquiatra Maria Montessori.

Ela observou que, numa escola especial, os meninos e meninas que melhor se desenvolviam eram aqueles mais bem estimulados. Acredita nisso?

Ela afirmou, por meio de seus estudos, que nenhum ser humano nasce superior a outro. A diferença é que algumas pessoas conseguem enfrentar mais facilmente alguns obstáculos da vida em virtude das suas capacidades cognitivas.

Ela disse também que os pais deveriam levar mais em consideração as necessidades e comportamentos de seus filhos. Assim, seu físico, intelecto e emocional podem ser influenciados pelo ambiente.

Quarto de Bebe Montessoriano

Andrea Bento 

As ideias de Maria foram levadas ao campo da decoração. Hoje, muitos arquitetos e designers propõem que um quarto de bebê seja, sobretudo, um espaço de aprendizagem – planejado pela ótica da criança e não do adulto.

Tudo que fosse acrescido ao ambiente seria baseado nessa ideia, de poder, desde cedo, desenvolver e sua autonomia e estimular a sua curiosidade.

“O mais importante é que o quarto precisa estar em constante transformação, seguindo os interesses e as mudanças da criança (…).” – educadora.= Fabiana Aparecida da Silva Lacerda, em reportagem de Revista Zap Imóveis.

Quarto de Bebe Montessoriano

Andrea Bento

Característica de um quarto de bebê montessoriano

Cores das paredes

Quem conhece e segue os preceitos do Feng Shui já sabe o quanto as cores influenciam a vida das pessoas, incluindo a qualidade de seu sono. Para um quarto de bebê, recomenda-se uma base neutra, em tons bem claros de verde, azul, rosa e outros – com exceção do amarelo, que faz mal às crianças. Para fugir da monotonia, o melhor é aplicar cores fortes em peças menores da decoração.

Quarto de Bebe Montessoriano

ArqExpress 

Móveis

Os quartos montessorianos apresentam quase todos os itens da decoração – entre móveis, peças educativas e outros objetos – ao alcance das crianças. Ou seja, na altura de seus olhos. Além disso, seu espaço central é mais aberto, permitindo que os pequenos possam se movimentar, brincando ou engatinhando, sem encontrar obstáculos. Por isso, parece que o ambiente é muito simples, muito clean.

De acordo com o método, os pais não deveriam se preocupar tanto, neste momento da vida dos filhos, com o armazenamento de objetos. A ideia é criar espaços confortáveis, estimulantes e seguros. Portanto, eles só deveriam comprar o que é estritamente necessário para ambientar o dormitório. Também, nada de peças com quinas ou feitas em materiais, como o vidro, que possam quebrar.

Tudo que for comprado ou adquirido para o quarto de bebê deve ser adaptado ao tamanho e a altura da criança em seus primeiros estágios de vida!

“Todos os móveis devem proporcionar o desenvolvimento do esquema corporal, principalmente na descoberta dos órgãos dos sentidos localizados no rosto, permitindo exercícios fisionômicos interessantes e muita criatividade.” – Fabiana Aparecida da Silva Lacerda, em reportagem de Revista Zap Imóveis.

Quarto de Bebe Montessoriano

Ana Branco 

Berço

A cama do bebê é um dos itens mais curiosos do quarto montessoriano. Existem propostas decorativas que mantém o móvel em seu formato e proporções “normais”. Mas, o mais comum, nesse caso, é a ausência total de berço.

De fato, é uma ideia tão diferente de tudo que se costuma ver nas revistas e sites de moda para casa que até põe medo nos pais. Só que eles deveriam se sentir assim.

De acordo com o método criado por Maria Montessori, o berço restringiria os movimentos das crianças, não dando autonomia a elas.

Portanto, seria melhor montar uma caminha no chão. Almofadas e protetores garantiriam a segurança e conforto da criança. O legal é que o decorador pode até brincar com as estampas e formatos dessas peças para deixar o visual do quarto bem mais divertido.

Quarto de Bebe Montessoriano

Andrea Bento e Lídia Basile 

Espelhos e outros acessórios

Dentro de um quarto montessoriano, pode haver muitos recantos interessantes. Os pais podem montar – pensando em quando a criança estiver maior – um “cantinho da beleza”, por exemplo, estimulando seus cuidados pessoais.

Quarto de Bebe Montessoriano

Andrea Bento

É interessante ter um espelho – de acrílico – para estimular também a parte sensorial. E é possível ter até uma barra de apoio para que o pequeno se levante e exercite a coordenação motora.

As boas ideias não param por aí. Além do “cantinho da beleza”, pode ter o “cantinho da música”, o “cantinho do desenho”, o “cantinho da leitura”, e mais. Nestas áreas, organizadores de plástico serviriam bem para guardar os brinquedos. Eles poderiam ficar empilhados ou na altura dos olhos das crianças, incentivando-as na arrumação de seus pertences.

Quarto de Bebe Montessoriano

Helena Koki 

Decoração

Como foi citado, o quarto de bebê montessoriano tem poucos itens de decoração. Tudo é mesmo muito simples. O importante é que o cenário seja lúdico, com coisas que possam ser facilmente manuseadas pelas crianças, como livros, brinquedos e mais – com a supervisão dos pais, claro. E como esta disposição dos objetos é baixa, então as prateleiras e nichos também são instalados mais próximos do chão.

Quarto de Bebe Montessoriano

Débora Marquardt Marquardt  e Helena Koki 

Apesar de esse método levar em consideração a visão da criança, o decorador não deve esquecer-se de preencher a parte superior das paredes. Na metade de cima do quarto, pode haver bandeirinhas, pôsteres, molduras com fotográficas, arandelas e outros elementos. Foi, inclusive, pensando por este ângulo que alguns projetistas resolveram fazer as caminhas com uma estrutura de casa ou de tenda.

Quarto de Bebe Montessoriano

Andrea Bento

Sobre a área de dormir, pode-se colocar um móbile colorido, para animar e entreter a criança. Outra forma de estimular seus sentidos é colocar um tapete sobre o piso do quarto – que também serviria para amortecer possíveis quedas. É legal reservar um espaço para os pequenos desenvolverem seus desenhos – talvez em um quadro-lousa ou rolo de papel – e brincar com massa de modelar ou coisa do tipo.

Que achou dessas ideias para criar um quarto montessoriano para seu bebê? Interessante, não?

Então, escolha a proposta que tem mais a ver com seu gosto pessoal e comece agora mesmo o projeto desse quarto tão especial!

Estas dicas para decorar um quarto de bebê montessoriano foram criadas pela equipe Viva Decora.

Comentar