postado em: 17.02.2021

Gato em apartamento: cuidados e precauções com o seu bichano

Ter gato em apartamento é algo que tem se tornado bem comum nos últimos anos. Com o aumento de pessoas preferindo morar em apês, surgiu a necessidade de ter bichinhos e os bichanos são ótimas companhias, viu? Mas é necessário alguns cuidados e dicas valiosas para que a convivência seja a melhor possível.

Veja mais:

Como juntar dinheiro para comprar um apartamento dos sonhos

Cores de tinta para parede: veja tendências em 2021

Castração

Na hora que você escolher ter um gato em apartamento, castre-o! A castração é um passo bastante importante, pois vai prevenir que ele tente fugir do local por estar no cio. Além disso, vai evitar preocupações futuras, como ele tentar achar uma brecha de sair do apê e se machucar de alguma forma ou até mesmo se perder do seu lar.

Imagem de um pequeno gato com o cone que ganhou depois da castração.

Fique tranquilo se acha que o comportamento do animal vai ser alterado por causa da castração. Os gatinhos continuarão brincalhões, companheiros e dengosos depois da cirurgia.

Telas de proteção

A segurança é primordial na hora de escolher ter um gato em apartamento. Em todas as sacadas, janelas e qualquer brecha que você achar que os bichanos possam sair, é importante ter tela de proteção. Ela evita que os animais fujam, se percam e até tenham algum tipo de acidente grave.

Gatos em apartamento

Gato na sacada ao lado da tela de proteção

Hoje em dia há muitas opções de tela de proteção no mercado e com certeza você vai achar alguma que seja exatamente o que você precisa e no material que tanto quer.

Alimentação do gato em apartamento

Como ele estará em um apartamento e não terá muito espaço para se aventurar, é muito importante que você compre rações de qualidade, caso contrário ele vai sofrer com o sobrepeso e adquirir alguma complicação de saúde por causa disso. Nesse caso, dê prioridade para alimentos premium, especiais para bichos que vivem em apartamentos. Essas rações vão garantir os nutrientes que eles mais precisam.

Dois gatos fazendo sua refeição

Nunca deixe o pote de ração dos gato em apartamento sempre à disposição deles. Além do alimento murchar e perder as propriedades que mantém a saúde dos animais, ele pode, assim como mencionado acima, ficar obeso.

Hora de passear

Gato em apartamento geralmente não pratica muitos exercícios físicos por conta do espaço limitado que um apê oferece para ele. Por isso, que tal levar ele pelo menos 3 vezes na semana para dar uma voltinha por aí? Eles vão adorar!

Gatos em apartamento

Gato preto com coleira azul passeando com seu dono na grama.

Nem que seja apenas no corredor do seu andar, solte o gato para ele correr, caminhar, farejar e conhecer novos ambientes. Isso vai melhorar o humor dele e também é ótimo para a saúde.

Ensine ele usar a caixinha

Gatinho filhote usando a caixa de areia

Outro ponto importante sobre gato em apartamento é a questão de ensinar ele a usar a caixinha de areia. É um passo mais fácil do que parece. Hoje em dia, em qualquer loja de itens para animais, você encontra produtos que têm como foco educar eles. Sejam filhotes ou adultos, esses produtos são uma mão na roda na hora de ensinar os bichanos.

Hora da limpeza

Ele já entendeu como usar as caixinhas de areia? Agora é com você a responsabilidade de trocar diariamente a areia do recipiente. Isso vai evitar mal cheiro e a proliferação de bactérias no ambiente.

Gatos em apartamento

Gato deitado na cama, se lambendo de olhos fechados.

Os gatos são animais muito higiênicos. Se eles perceberem que o local onde estão fazendo as necessidades está sujo, irão achar uma forma de fazê-las em outros lugares da casa.

Lave constantemente os postes de água e ração deles. A higienização vai fazer com que pequenos insetos não apareçam e futuramente transmitam doenças para o gato em apartamento.

Outro ponto importante é manter o seu apê sempre limpo. Ele está soltando muito pêlo? Faça a remoção do excesso de pêlo com uma luva e sempre varra os ambientes. Uma dica de ouro é passar álcool nos lugares onde ele mais fica. Todos esses conselhos servem para evitar principalmente o mal cheiro.

Invista em brinquedos

Os bichanos adoram uma brincadeira e precisam gastar sua energia. Como às vezes não vão vai poder dar a atenção para eles, é a hora de investir em brinquedos interativos para o gato em apartamento. Os benefícios são os animais são inúmeros, mas entre eles estão a prevenção de doenças físicas, psicológicas e, é claro, o tédio não vai ter vez.

Mulher brincando com o seu gato que está em cima do brinquedo arranhador.

Graças ao crescimento no números de gato em apartamento, você acha com facilidade em qualquer petshop físico e principalmente online brinquedos feitos especialmente para os bichinhos de estimação.

Dentre tantas opções de brinquedos para gato em apartamento, destacam-se aqueles que contém petiscos dentro, outros em que o animal passa por circuitos até chegar ao outro lado. Também é interessante adquirir algum brinquedo para você também participar da brincadeira com ele.

Escove seu bichano

Como foi dito anteriormente, a escovação dos pelos do gato em apartamento evita mal cheiro, mas os benefícios vão além desse detalhe. O momento de escovar seu bichinho se torna especial, já que será só você e ele. Vai por mim, ele mal vai poder aguardar até a próxima vez de ser escovado de tanto que vai gostar!

Gatos em apartamento

Pessoa escovando o seu gato.

Opte por uma escova de cerdas macias para não machucar os gatinhos. As luvas de escovação se tornam ótimas aliadas, pois ao mesmo tempo que remove o excesso de pelos, vai fazer um carinho nele. Ele pode estranhar o objeto, por isso deixe que ele cheire e brinque um pouco com as luvas antes de usar.

Gato em apartamento de andar mais alto ou baixo?

Gato olhando para fora da janela do apartamento onde vive.

Essa pode ser um dúvida de muita gente. Os gatos podem se adaptar facilmente tanto em apês de andar altos ou mais baixos. Em qualquer um dos casos, você precisa investir em telas de proteção para que nenhum problema aconteça. Mesmo em apartamentos em andares próximos do nível da rua, o risco do animalzinho cair é bem grande.

História da domesticação dos gatos

Criar gato em apartamento ou casa é um hábito muito mais antigo do que você pode imaginar. Não há uma informação que confirme com exatidão o local de onde eles surgiram, mas estima-se que o gênero felis, espécie que deu origem ao gato doméstico, surgiu há cerca de 12 milhões de anos, a partir dos gatos selvagens africanos.

Desenho no papiro onde há três egípcios e um gato ilustrado abaixo.

Por muito tempo, os Egípcios foram tidos como a população que domesticou esse animal. Tudo porque as pinturas de gatos encontradas no Egito datam cerca de 3.500 anos atrás. Mas esse achismo foi desconstruído quando pesquisadores encontraram uma estátua de um bichano em Israel, e a data da obra de arte dava como 3.700 anos atrás. Ou seja, bem antes.

O que sabemos é que como avanço da produção de alimentos, pequenos animais se atraíram pelo cheiro e faziam uma verdadeira limpa dos armazéns, por isso os gatos foram importantes para que o seu convívio com o homem fosse um verdadeiro sucesso. A partir daí a domesticação começou!

A criação de gato em apartamento é algo que dá muito certo e você só precisa tomar alguns cuidados antes de levar o bichano para o seu lar. Feito todas as dicas, vá aproveitar o seu animalzinho, dê e receba todo o amor para ele!

Para mais informações, acesse as plataformas digitais:

Conteúdos relevantes

Veja outros conteúdos relevantes

10 motivos para comprar na Plano&Plano
10 motivos para comprar na Plano&Plano
Economia Familiar ver publicação
Minha Casa Minha Vida
Como Funciona o Subsídio Minha Casa Minha Vida
Financiamento de Imóveis ver publicação
Renda Informal como declarar o IR
Como Comprovar Renda com IR?
Financiamento de Imóveis ver publicação